Reunião de pais

Começo de ano tem sempre aquela primeira reunião de pais na escola dos nossos filhos. Encaixar essa reunião na correria do dia a dia não é tarefa fácil, e, para piorar, os pais ficam, muitas vezes, com aquela pulga atrás da orelha: Será que é mesmo importante ir à reunião de pais?

Para tentar minimizar essa dúvida, deixamos aqui a explicação, em tópicos, de porquê é tão importante a presença nessa primeira reunião.

Esse contato no início do ano letivo é fundamental, é a base para o engajamento entre família e escola. Esse momento de reunião de abertura do ano letivo:

  Antecipa aspectos do trabalho que precisam ser conhecidos, assim como os objetivos e os conteúdos curriculares próprios daquele momento escolar;

 Traz os informes de planejamento organizacional e os grandes combinados;

 Aborda temas importantes para cada fase (exemplo: avaliação externa, passagem de um segmento a outro, características da faixa etária;

 Visa ampliar a confiança no trabalho desenvolvido pela escola e favorecer a integração dos pais.

 É uma oportunidade para conhecer os valores que serão transmitidos a seu filho e discuti-los;

 Quando vão às reuniões, os pais estão, ao mesmo tempo, assumindo um posicionamento ativo na educação e mostrando para seu filho a importância que dão a escola. Assim, o aluno percebe o encantamento e o respeito dos pais pelo ambiente escolar, e se sente acolhido e valorizado. Consequentemente, ele também passa a valorizar mais a escola, afinal, a obrigação de educar é, antes de mais nada, dos pais, que são os primeiros exemplos;

 Reforça a aliança entre a família e a escola

Heather B. Weiss, diretora do Harvard Family Research Project, nos Estados Unidos, reuniu pesquisas sobre o engajamento da família na educação e apontou que a reunião de pais e mestres é uma peça fundamental para a criação de uma relação de respeito entre família e escola

Mas, sozinha, ela não é suficiente!

Pais, mestres e comunidade (sim, comunidade!) precisam criar uma estratégia conjunta de acompanhamento do desenvolvimento e do progresso dos alunos, dividindo as responsabilidades, se comprometendo a zelar por eles durante este longo caminho, e criando possibilidades e experiências por toda a vida escolar. Uma comunicação regular e duradoura que está mais para uma responsabilização conjunta.

Para resumir: a reunião de pais é a base para a criação de um vínculo de confiança e respeito entre pais e educadores. Vamos lá, então, conhecer os professores de nossos filhos e selar esse primeiro pacto?

 

TURMA DATA HORÁRIO
Infantil II & Infantil III 06/02/2018 17h45min
Infantil IV & Infantil V 07/02/2018 17h45min
 3º, 4º, e 5º ano 08/02/2018 17h45min
1º e 2º ano 15/02/2018 17h45min
6º, 7º, 8º e 9º ano 17/02/2018 08h

 

 

Voltar